Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Competição
Provas e Classificações 2019
Rankings 2019
Informação
Notícias
Arquivo de Notícias
Atleta
Equipas
Currículo do Atleta
Actas de Corrida
Centros de BTT
Loja Online
Loja Online
Visualizar
Album
BTT
 
Mário Costa e Raquel Queirós carimbam triunfo na Taça
BTT
Mário Costa (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) e Raquel Queirós (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão) conquistaram hoje a Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO), mas a quinta e última prova pontuável, disputada em Avis, foi ganha por Daniel McConnell e Githa Michiels, ambos da Primaflor Mondraker Rotor.

A menos de um ano dos Jogos Olímpicos, a prova do norte do Alentejo recebeu vários corredores de bom plano internacional, que, em busca de pontos de qualificação para Tóquio, enriqueceram o nível competitivo da última prova da Taça de Portugal de XCO 2019.

A corrida masculina foi uma luta a três. Mário Costa começou por isolar-se na dianteira, mas o australiano Daniel McConnell e o português David Rosa (Massi) geriram melhor o esforço. O corredor da Oceânia foi o mais forte, cortando a meta com 30 segundos de vantagem sobre Rosa e com 59 segundos à melhor sobre Costa. Nas contas da Taça de Portugal, a corrida de Avis permitiu a Mário Costa impor-se entre a elite masculina. João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) venceu a Taça em sub-23.

A prova de elite feminina teve uma dominadora clara, a belga Githa Michiels. A australiana Rebecca McConnell, colega de equipa da vencedora na Primaflor Mondraker Rotor, foi quem deu mais luta, mas, ainda assim, terminou a 4m42s. A melhor portuguesa foi Raquel Queirós (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão), terceira classificada, a 12m12s. A campeã nacional juntou, assim, a Taça de Portugal de elite e de sub-23 ao título nacional de elite, na época em que se estreou na categoria de sub-23.

Em juniores também chegou de fora o vencedor da etapa de Avis. Foi o francês Alex Riboulet (Scott Creuse Oxygen Gueret), que cortou a meta com 34 segundos de vantagem sobre Tiago Coelho (Maiatos). Tiago Sousa (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) foi o terceiro, a 4m57s, um resultado suficiente para conquistar a Taça de Portugal em juniores.

Ana Santos (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) fez o pleno nas juniores femininas, vencendo hoje a quinta prova em outras tantas corridas disputadas. Por isso, é a vencedora da Taça de Portugal na sua categoria etária.

A corrida de cadetes masculinos foi determinante para encontrar o vencedor da geral. João Cruz (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) foi o mais forte em Avis e, desse modo, substituiu André Rocha (ACDRRBTT/LROpticas/RJGroup) no topo da geral. O mesmo aconteceu em cadetes femininas. Ou seja, Íris Chagas (BTT Loulé/Elevis) triunfou na prova deste domingo, resultado que lhe valeu subir ao primeiro lugar da geral, de onde desalojou a colega de equipa Laura Simão.

Entre os veteranos, os vencedores de hoje em master 30, André Filipe (CPR A-do-Barbas/AKIplast/PVS) e Raquel Marques (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde), e em master 50, António Sousa, conquistaram a Taça de Portugal. Em master 40 masculinos, o melhor em Avis foi Hugo Moreira, mas a Taça foi para Davide Inácio (Automóveis Ribeiro/GDVP). No setor feminino, Filomena Paulo (Róódinhas/Santos Silva) ganhou a geral, mas a vitória em Avis pertenceu a Natália Mendes (Freebike Shop/Bike Clube S. Brás).

Fábio Luiz (Marrazes/Gui/Brejinho/BikeZone Leiria) foi o melhor paraciclista no Alentejo e também foi ele o vencedor da Taça de Portugal.

Coletivamente, a Taça de Portugal vai ornamentar a sala de troféus da Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde.

Classificações completas: Clique Aqui

Ranking: Clique Aqui
2019-09-15 - 16:16:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Eventos
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais