Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Competição
Provas e Classificações 2019
Rankings 2019
Informação
Notícias
Arquivo de Notícias
Atleta
Equipas
Currículo do Atleta
Actas de Corrida
Loja Online
Loja Online
Visualizar
Album
Estrada
 
Rafael Lourenço vence em Abrantes
Estrada
Triunfo isolado de Rafael Lourenço em Abrantes, na segunda etapa da Volta a Portugal do Futuro, não fez perigar camisola amarela de Emanuel Duarte.

Rafael Lourenço triunfou isolado na segunda etapa da 27.ª Volta a Portugal do Futuro, com partida e chegada em Abrantes, na distância de 168,2 quilómetros. O corredor da UD Oliveirense/ In Out Build antecipou-se na aproximação à meta - o último quilómetro era em subida - para cortar o risco com 12 segundos de avanço sobre o espanhol Ander Castaño (Baque-Ideus), segundo classificado. O pelotão chegou 21 segundos depois do registo do vencedor, incluíndo no grupo o camisola amarela Emanuel Duarte (LA Alumínios-LA Sport), 12.º classificado.

A corrida foi dominada por uma fuga inicial de sete elementos que se destacou, ao quilómetro 22, depois de ultrapassada a contagem de montanha na Bemposta, a primeira das três contagens de montanha da jornada. Com o pelotão tranquilizado pelos homens em fuga - nenhum deles ameaçava a camisola amarela de Emanuel Duarte - a LA Alumínios-LA Sport encarregou-se da defesa do líder no percurso ondulante da tirada. A escapada alcançou uma vantagem máxima perto dos quatro minutos a meio da viagem, mas o acelerar da toada do pelotão estava iminente e anulou, nos últimos dez quilómetros, os últimos lampejos de energia dos resistentes da escapada.

Rafael Lourenço viu a oportunidade e atacou para o triunfo na etapa, conseguindo um sucesso que escapou à sua equipa na jornada anterior, quando dois dos seus colegas, terminaram a etapa na segunda e terceira posição. No entanto, o triunfo do corredor de 21 anos, natural de S. Bartolomeu de Messines, não fragilizou a liderança de Emanuel Duarte que, ao segundo dia da Volta a Portugal do Futuro, manteve o mesmo avanço conseguido na véspera sobre os seus mais diretos rivais. Pedro Miguel Lopes e Fábio Costa (UD Oliveirense/ In Out Build), Tiago Leal (Miranda-Mortágua) e Pablo Alonso (Gomur-Cantabria Infinita) mantiveram-se a 44 segundos do camisola amarela, cabendo-lhe a eles, a maior responsabilidade e ambição no ataque à classificação geral.

As classificações secundárias sofreram alterações. Emanuel Duarte acumula a camisola amarela com a liderança da classificação da montanha e a UD Oliveirense/ In Out Build mantém o comando da classificação coletiva, no entanto, Pedro Miguel Lopes é agora o líder da classificação por pontos e da classificação da juventude.

A terceira etapa da 27.ª Volta a Portugal do Futuro desdobra-se em duas provas. Da parte da manhã corre-se entre Abrantes e Castelo de Vide (79,9 km), com partida desde o Parque Urbano (10h15) e chegada, ao Parque João José da Luz (12h30). Da parte da tarde, a partir das 16h30, disputa-se o contrarrelógio individual da corrida, na distância de 8,4 quilómetros e passagem na Ermida da Sra. da Penha, antes da chegada ao Parque João José da Luz.


Classificações completas: Clique Aqui

Fotos: PODIUM
2019-09-06 - 17:17:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Eventos
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais