Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Loja Online
Loja Online
Info. Institucional
Estatutos da UVP-FPC
Órgãos Sociais
Relatórios e Orçamentos
Contratos
Código de Ética
Regulamento de Ética
Regras de Boa Governação
Política de Privacidade
Direção
Regulamento da Direção da UVP-FPC
Assembleia Geral
Regulamento da Assembleia Geral
Regulamento Eleitoral dos Delegados
Conselho Arbitragem
Regulamento de Arbitragem
Nomeações de Comissários
Conselho Disciplina
Regulamento Conselho Disciplina
Regulamento Disciplinar
Deliberações
Conselho Justiça
Regulamento Conselho Justiça
Deliberações
Imagem Institucional
Normas Gráficas e Logótipo
Formação
Curso de Treinador de Ciclismo Grau 1 - Sangalhos
Curso de Treinador de Ciclismo Grau 1 - Lisboa
Curso de Comissário Regional - Madeira
Formação Contínua (1 UC) - Lisboa
Curso de Treinador de Ciclismo Grau 1 - Açores
Curso Comissário Nacional - Vimeiro/Sangalhos 2019
Curso Comissário Regional - Guimarães 2019
UVP-FPC
 
Joaquim Agostinho homenageado na estrada
UVP-FPC
A 42.ª edição do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho disputa-se entre quinta-feira, 11, e domingo, 14. Águeda recebe, no domingo, a quinta e última prova da Taça de Portugal de Maratona BTT (XCM).

A corrida portuguesa há mais tempo inscrita no calendário da UCI, vai juntar um pelotão de 132 corredores, defendendo as cores de 22 equipas. Entre equipas e ciclistas, estarão representados 16 países: África do Sul, Alemanha, Angola, Argentina, Austrália, Canadá, Costa Rica, Espanha, Estados Unidos da América, Guiné Bissau, Holanda, Irlanda, Itália, Paraguai, Portugal e Rússia.

A prova começa, pelo quinto ano consecutivo, com um prólogo de 8 quilómetros, na freguesia do Turcifal, a disputar ao final da tarde de dia 11 de julho, a partir das 17h00. A primeira etapa em linha, dia 12, terá 156,8 quilómetros, entre a Adega Cooperativa da Ventosa (12h40) e Sobral de Monte Agraço (16h20). O percurso, sem grandes dificuldades montanhosas, permite aos velocistas pensar num dia de glória.

A segunda etapa começa na Atouguia da Baleia, às 12h45 de dia 13, e termina, ao cabo de 152,7 quilómetros, no centro de Torres Vedras (16h30). O final acontece à quinta passagem pela meta. Este é o dia do circuito de torriense, no sobe e desce da serra da Vila do Varatojo. É uma jornada seletiva, capaz de provocar algumas diferenças de tempo.

A corrida termina com a etapa-rainha, 179,3 quilómetros desde a Foz do Arelho (11h45) até ao alto de Montejunto (15h54). A meta coincide com um prémio de montanha de primeira categoria, que será antecedida por três subidas de terceira categoria e uma de primeira, esta apenas a 5,3 quilómetros da contagem de montanha coincidente com a chegada.

O pelotão conta com todas as equipas profissionais portuguesas, às quais se somam três equipas de clube de Portugal e dez formações profissionais estrangeiras. Equipas
Continentais Profissionais: Euskadi Basque Country–Murias (ESP) e W52-FC Porto (POR). Continentais: 303 Project (EUA), Alecto Cyclingteam (NED), Aviludo-Louletano (POR), Bai Sicasal Petro de Luanda (ANG), Efapel (POR), Equipo Euskadi (ESP), Evopro Racing (IRL), Guerciotti-Kiwi Atlantico (BSE), LA Aluminios-LA Sport (POR), Lokosphinx (RUS), Massi Vivo-Grupo Oresy (PAR), Miranda-Mortágua (POR), Protouch (RSA), Rádio Popular-Boavista (POR), Sporting-Tavira (POR), UD Oliveirense-InOutBuild (POR) e Vito-Feirense-PNB (POR). Equipa de clube: Crédito Agrícola/Jorbi/Almodôvar (POR), Fortunna/Maia (POR) e Sicasal/Constantinos (POR).

Taça de Portugal de XCM decide-se em Águeda
A edição de 2019 da Taça de Portugal de XCM decide-se, no próximo domingo, em Aguada de Cima, Águeda. A quinta e última corrida pontuável vai juntar centenas de participantes, distribuídos pelas provas de competição e de lazer.

Na competição, os corredores desde a categoria de elite até masters 45 vão percorrer 85 quilómetros com 2146 metros de acumulado. As femininas, os paraciclistas e os masters a partir dos 50 anos vão enfrentar 70 quilómetros, com 1525 metros de acumulado. Ainda estão à disposição dois percursos mais vocacionados para o lazer, um com 45 e outro com 25 quilómetros.

As classificações gerais de elite continuam em aberto. No setor masculino há quatro corredores que, matematicamente, podem aspirar ao troféu. Renato Ferreira (Vasconha BTT Vouzela) parte na frente, com 900 pontos, terá de haver-se com a concorrência de Andrew Henriques (BTT Loulé/Elevis), com 800 pontos, David Vaz, com 730, e Renato Ferreira (BTT Seia), também com 730. Entre as duas femininas a luta será entre Flávia Lopes (Vasconha BTT Vouzela), com 880, e Celina Carpinteiro (BTT Loulé/Elevis), com 680.

Mais eventos oficiais
13 de julho: IV Bracara Urban Race, Braga
13 de julho: Prémio de Ciclismo Festas do Concelho de Fafe
13 de julho: 14.º Passeio de Cicloturismo do Marco, Marco de Canaveses
13 de julho: Sunset Ciclismo para Todos da Costa Verde, Póvoa de Varzim
13 de julho: Encontro de Escolas de BTT de Alvalade, Lisboa
13 de julho: 8.º Troféu Jorge Nunes, Grândola
14 de julho: Bragança Granfondo
14 de julho: 17.º Prémio ACR Roriz, Barcelos
14 de julho: 8.º Raid Foto BTT Matosinhos
14 de julho: Prémio de Ciclismo de Loures
16 de julho: Circuito de Ciclismo de S. Tomé, Paredes do Bairro, Anadia
2019-07-09 - 11:11:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais