Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Loja Online
Loja Online
Info. Institucional
Estatutos da UVP-FPC
Órgãos Sociais
Relatórios e Orçamentos
Contratos
Código de Ética
Regulamento de Ética
Regras de Boa Governação
Política de Privacidade
Direção
Regulamento da Direção da UVP-FPC
Assembleia Geral
Regulamento da Assembleia Geral
Regulamento Eleitoral dos Delegados
Conselho Arbitragem
Regulamento de Arbitragem
Nomeações de Comissários
Conselho Disciplina
Regulamento Conselho Disciplina
Regulamento Disciplinar
Deliberações
Conselho Justiça
Regulamento Conselho Justiça
Deliberações
Imagem Institucional
Normas Gráficas e Logótipo
UVP-FPC
 
Cooperação reforçada entre ciclismo de Portugal e de Espanha
UVP-FPC
A Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) e a Real Federação Espanhola de Ciclismo (RFEC) assinaram, neste domingo, um protocolo de cooperação entre as duas entidades, que reforça a interligação já estabelecida pelo convénio anteriormente firmado.

Os presidentes da FPC, Delmino Pereira, e da RFEC, José López Cerrón, aproveitaram a presença em Roma, na Assembleia Geral da União Europeia de Ciclismo (UEC), realizada em conjunto com a Confederação Africana de Ciclismo (CAC), para assinar o documento que reforça a cooperação entre as duas principais instituições do ciclismo ibérico.

Delmino Pereira e José López Cerrón chegaram a acordo em matérias estratégicas para o desenvolvimento da modalidade em Portugal e em Espanha. Neste aspeto, destaca-se o compromisso de cooperação ao nível da calendarização das provas, tendo em conta as necessidades de ambos os países.

Merece também destaque a iniciativa de padronizar os processos de admissão aos cursos de formação de treinadores e de comissários.

Tendo em conta as recentes alterações ao número de corredores por equipa nas provas de estrada, a FPC e a RFEC acordaram que, nas provas nacionais portuguesas e espanholas, poderão participar equipas continentais de ambos os países, não sendo consideradas estrangeiras. Esta medida carece do acordo da União Ciclista Internacional, já que o regulamento de estrada estabelece que nas provas nacionais apenas podem participar equipas continentais do país em que se disputa essa corrida.

O acordo de cooperação torna também clara a permissão de filiados dos dois países participarem em eventos de competição ou de ciclismo para todos do outro lado da fronteira, sem necessidade de apresentar declarações específicas de autorização.

O acordo entre as duas federações foi celebrado na presença do presidente da UEC, Rocco Cattaneo.

2019-03-10 - 12:12:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais