Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Competição
Provas e Classificações 2019
Rankings 2019
Informação
Notícias
Arquivo de Notícias
Atleta
Equipas
Currículo do Atleta
Actas de Corrida
Loja Online
Loja Online
Visualizar
Album
Estrada - Arquivo Notícias
 
Exibição de luxo vale 14.º lugar a Frederico Figueiredo
Estrada
O português Frederico Figueiredo estreou-se em mundiais com uma exibição de luxo que lhe garantiu a 14.ª posição na prova de fundo para sub-23 do Campeonato do Mundo de Estrada, que hoje se disputou ao longo de 173,2 quilómetros, com partida das termas de Montecatini e chegada a Florença, Itália.

Correndo sem qualquer companheiro de equipa, o ciclista natural de São Sebastião da Pedreira, cumpriu exemplarmente o plano traçado pelo selecionador nacional, José Poeira, mantendo-se sempre perto da frente da corrida, nunca sendo surpreendido pelas movimentações que, nas fases mais duras, dizimaram o pelotão. Num esforço individual permanente, dado que não dispôs de qualquer ajuda na colocação, o corredor português soube gerir o esforço para chegar à meta com os mais fortes.

Frederico Figueiredo terminou a corrida no grupo principal, a 13 segundos do vencedor, o esloveno Matej Mohoric, que atacou a cerca de 20 quilómetros da chegada, ganhando isolado, depois de uma “cavalgada” em que se revelou um exímio tecnicista nas descidas, apesar de um estilo pouco ortodoxo que o levava, por vezes, a pedalar sentado no quadro da bicicleta. O segundo classificado foi o sul-africano Louis Meintjes, a 3 segundos. O terceiro, a 13 segundos, foi o norueguês Sondre Enger.

“Foi quase perfeito. Sabia que tinha de estar sempre bem colocado, junto dos melhores e consegui fazê-lo. Tinha noção de que não seria fácil, dado que corri sem qualquer companheiro de equipa, mas acho que fiz uma boa corrida e alcancei um bom resultado. Foi ouro sobre azul, até porque não tenho a mesma rodagem, a este ritmo, do que os adversários”, explicou Frederico Figueiredo, visivelmente feliz, após a conclusão da corrida.

“O Frederico esteve claramente à altura desta corrida, colocando-se sempre no sítio certo nas fases decisivas. Sabia-se que quanto mais pequeno fosse o grupo a chegar à meta melhor seria para ele, que não tem hipóteses na discussão ao sprint. Tendo em conta o facto de correr sozinho, a escassa experiência internacional e a extensão, a intensidade e a dureza da corrida, podemos dizer que teve um desempenho muito bom”, avalia José Poeira.

Os três juniores portugueses presentes em Itália competem amanhã na prova de fundo. Quando forem 7h30 em Portugal será dado o tiro de partida para a corrida de 140,1 quilómetros, que vai ligar as Termas de Montecatini a Florença e que inclui cinco passagens pelo duro circuito de 16,6 quilómetros.

A Seleção Nacional/Liberty Seguros vai estar representada por Gaspar Gonçalves (dorsal 118), César Martingil (119) e David Ribeiro. O trio luso terá como principal obstáculo a escassa experiência internacional, que poderá ser ultrapassada com uma corrida inteligente, como demonstrou recentemente David Ribeiro, que foi o décimo classificado no Campeonato da Europa de juniores.
2013-09-27
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Eventos
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais