Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Competição
Provas e Classificações 2019
Rankings 2019
Informação
Notícias
Arquivo de Notícias
Atleta
Equipas
Currículo do Atleta
Actas de Corrida
Loja Online
Loja Online
Visualizar
Album
Estrada - Arquivo Notícias
 
Corredoras lusas chegam no pelotão
Estrada
As corredoras que hoje representaram a Seleção Nacional/Liberty Seguros na prova de estrada disputada em Ozaeta, País Basco, terminaram a corrida integradas no pelotão, em cada uma das categorias em que Portugal participou: elite, juniores e cadetes.

Na corrida principal, de 80 quilómetros, a vitória coube a Ana Usabiaga, uma corredora que as portuguesas conhecem bem, pois já competiu em Portugal, no Campeonato da Europa de Pista para Sub-23 e Juniores. A vencedora fez parte da fuga que decidiu a prova. As três portuguesas que lograram concluir a prova chegaram integradas no pelotão, a 3m18s da primeira classificada. Ana Azenha foi 11.ª, Isabel Caetano foi 12.ª e Irina Coelho foi a 14.ª. Joana Patrício desistiu devido a uma queda, que, todavia, não teve graves consequências físicas.

Em juniores ganhou ao sprint Eider Unanue, tendo as duas corredores portuguesas presentes concluído a prestação com o mesmo tempo da vencedora, Marisa Santos no sexto lugar e Andreia Lopes em décimo sexto. A corrida de cadetes também teve desfecho ao sprint, com triunfo de Empar Felix e com a lusa Andreia Alves a entrar no grupo da vencedora, no décimo posto.

“Faço um balanço positivo desta participação. Para as atletas cadetes e juniores foi a primeira participação fora do país, mas isso não as intimidou, pois corresponderam bastante bem às exigências. As atletas elite estiveram também em bom plano, apesar de não conseguirmos colocar nenhuma na fuga que determinou a vencedora da prova. Faltou um pouco de concentração e de melhor colocação. Existem vários aspetos que terão de ser melhorados e trabalhados para evoluirmos no futuro. É sobre isso que temos de nos focar”, diz o selecionador nacional de femininas, Gabriel Mendes.
2013-05-05
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Eventos
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais