Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Área do Utilizador
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Edwin Ávila ganha sprint emocionante
Estrada
O colombiano Edwin Ávila (Israel Cycling Academy) venceu hoje a primeira etapa do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela, uma ligação de 155,6 quilómetros, entre Vilar Formoso e Pinhel, que terminou ao sprint.

Numa competição em que a montanha fará diferenças ao longo dos três dias, foram os velocistas a ditar leis na jornada inaugural. O colombiano Edwin Ávila foi o melhor, numa disputa mano a mano com Francisco Campos (W52-FC Porto). O terceiro classificado foi Daniel Mestre (W52-FC Porto). Os primeiros 40 corredores gastaram 3h51m38s.

A tirada de hoje foi calma, aquecendo apenas na subida de segunda categoria, para Cidadelhe, onde se fez a primeira seleção deste Grande Prémio, partindo-se o pelotão em dois grupos numerosos. A dureza ditou também o fim da primeira fuga da competição, que juntou na frente Luke Mudgway (Evo Pro Cycling), Anass Ait el Abdia (VIB Sports) e Kaspars Sergis (Amore & Vita-Prodir) e que vigorou quase 50 quilómetros, até ser extinta ao quilómetro 71,5.

A partir daí deu-se uma luta entre os dois grandes grupos, com a Efapel e o Sporting-Tavira a imporem o ritmo na frente, impedindo a reentrada dos corredores que perderam o contacto em Cidadelhe. O esforço do pelotão da frente foi bem sucedido e a luta pela vitória deu-se entre os homens que ficaram no primeiro lote aquando da cisão no pelotão.

Edwin Ávila assumiu o comando da geral individual, com 3 segundos de vantagem sobre Daniel Mestre e 4 segundos sobre Francisco Campos, devido às bonificações. Os principais candidatos à camisola amarela entraram no pelotão principal, estando a 10 segundos do camisola amarela. A exceção é o estadunidense Brandon McNulty, vencedor da geral da Volta à Sicília, há uma semana, que já está a 48 segundos do primeiro classificado.

Daniel Mestre é o primeiro na geral das metas volantes, Luke Mudgway veste a camisola dos trepadores e Francisco Campos encima a lista dos mais jovens. A W52-FC Porto está na dianteira da classificação por equipas.

A segunda etapa corre-se neste sábado. É a mais longa da competição, levando a caravana de Manteigas (11h50) até ao Fundão (16h42), numa viagem de 197,5 quilómetros, que inclui duas subidas de terceira categoria, na Guarda e em Penamacor. A chegada, em subida, poderá proporcionar um sprint de força.


Classificação Completa: Clique Aqui
2019-04-12 - 15:15:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Ciclismo Vai Escola
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais