IPDJ Comité Olímpico UCI Comité Paralímpico Confederação do Desporto Centro de Alto Rendimento UEC Facebook Youtube Fundação do Desporto Jogos Santa Casa Liberty Seguros
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Ciclismo para Todos
Inscrições 2018
Filiações Competição
Filiação Competição 2018
Filiações Comissário
Renovação
Filiações Outros Ag.
Nova Filiação
Renovação
Área do Utilizador
Atletas
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados 2018
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Seguros
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Loja Online
Loja Online
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Domingos Gonçalves vence isolado em Boticas
Estrada
O campeão nacional de fundo e contrarrelógio, Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista), ganhou hoje a sexta etapa da Volta a Portugal Santander, uma ligação de 165,4 quilómetros, entre Sernancelhe e Boticas. Raúl Alarcón (W52-FC Porto) mostrou aos rivais que está mais forte e mantém-se no topo da geral.

Onze fugitivos levaram a etapa até à entrada no momento mais esperado da viagem, a subida de Torneiros, a 11,2 quilómetros da meta. Na montanha, os principais candidatos à geral ficaram em cabaça de corrida e sucederam-se as movimentações.

Frederico Figueiredo e Joni Brandão (Sporting-Tavira), Xuban Errazkin e Edgar Pinto (Vito-Feirense-BlackJack), Vicente García de Mateos (Aviluado-Louletano-Uli) e João Benta (Rádio Popular-Boavista) dispararam alguns tiros, mas a convicção e a força pareceram escassas. De tal maneira que Raúl Alarcón fez duas ou três arrancadas que deixaram a concorrência em sentido.

Quando todos perceberam que seria impossível "descarregar" o camisola amarela, o ritmo na frente baixou e o grupo cresceu. Já depois de passada a meta de montanha, a 13 quilómetros da chegada, Domingos Gonçalves desferiu o primeiro golpe verdadeiramente forte da etapa e teve sucesso.

O campeão nacional chegou isolado à meta, com 20 segundos de vantagem sobre o grupo principal. O segundo foi o norueguês Krister Hagen (Team Coop) e o terceiro Daniel Mestre (Efapel).

Numa jornada que se previa complicada, Raúl Alarcón mostrou facilidade na defesa da camisola amarela. O espanhol continua com 52 segundos de vantagem sobre Joni Brandão e 1m41s sobre Vicente García de Mateos, que são os adversários mais próximos.

Todas as restantes classificações mantiveram os mesmos comandantes. Vicente García de Mateos é o primeiro por pontos, Raúl Alarcón é o rei dos trepadores, Xuban Errazkin é o melhor jovem e o Sporting-Tavira encima a lista das equipas.

A sétima etapa, a disputar nesta quinta-feira, inicia-se em Montalegre e termina, depois de percorridos 165,5 quilómetros, no alto de Santa Luzia, subida de terceira categoria no concelho de Viana do Castelo. É uma tirada propícia à formação de uma fuga vitoriosa, tanto mais que a ausência de bonificações torna menos determinante a escalada final para o estabelecimento de diferenças de tempo.

Classificação Completa: Clique Aqui
2018-08-08 - 17:17:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais