Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Raúl Alarcón soma e segue na serra da Estrela
Estrada
O espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) consolidou hoje o estatuto de principal favorito à conquista da Volta a Portugal Santader, vencendo a quarta etapa, com final nas Penhas da Saúde, e reforçando o comando na classificação geral.

A ligação de 144,3 quilómetros, entre a Guarda e as Penhas da Saúde, teve um final espectacular, durante a subida de 16 quilómetros, entre a Covilhã e a meta. O Sporting-Tavira foi a equipa mais ofensiva. O “leões” Alejandro Marque e Frederico Figueiredo atacaram cedo e contribuíram para desmembrar a equipa da W52-FC Porto.

Respondendo da melhor forma à preparação feita pelos companheiros de equipa, Joni Brandão atacou a 8 quilómetros da meta e isolou-se. Raúl Alarcón ficou apenas com António Carvalho para o ajudar a conter os danos da movimentação do rival. Quando Carvalho deu sinais de fraqueza, Raúl Alarcón fez mais uma demonstração de força.

O camisola amarela disparou à procura de Joni Brandão, alcançou o corredor do Sporting-Tavira ainda com cerca de 4 quilómetros para percorrer. Fez 1500 metros na roda e, a 2,5 quilómetros da meta, contra-atacou para mais uma vitória em solitário.

Raúl Alarcón cruzou a meta com 12 segundos de vantagem sobre Joni Brandão, que resistiu como pôde à investida do espanhol. A 1m13s chegou João Benta (Rádio Popular-Boavista), acompanhado por Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano-Uli), Edgar Pinto e Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack).

Com menos de meia Volta disputada, a geral começa a ficar bem definida, perspetivando-se um duelo entre Raúl Alarcón e Joni Brandão. O primeiro tem 52 segundos de vantagem sobre o segundo. O terceiro é Vicente García de Mateos, a 1m41s. Ainda com possibilidade de almejar o pódio estão Edgar Pinto, a 1m58s, João Benta, a 2m19s, Xuban Errazkin e Frederico Figueiredo, a 2m20s. Daí para trás as diferenças já são menos consentâneas com a esperança de acabar nos três primeiros lugares.

Raúl Alarcón é também o primeiro na classificação da montanha. Vicente García de Mateos segurou a camisola dos pontos e Xuban Errazkin assumiu a primazia entre os mais jovens. O Sporting-Tavira saltou para o topo da geral coletiva.

Amanhã corre-se a quinta etapa, 191,7 quilómetros entre o Sabugal e Viseu, que apresenta um percurso que permite aos sprinters aspirarem a ser os principais protagonistas da jornada, desde que as respetivas equipas tenham capacidade para controlar a corrida, já que é uma tirada também marcada por aqueles que sonham ganhar a partir de uma fuga.

Classificação Completa: Clique Aqui
2018-08-05 - 17:17:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Passeio Feminino
Ciclismo Vai Escola
Assembleia Geral
Documentos Novembro 2018
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais