IPDJ Comité Olímpico UCI Comité Paralímpico Confederação do Desporto Centro de Alto Rendimento UEC Facebook Youtube Fundação do Desporto Jogos Santa Casa Liberty Seguros
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Seguros
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Raúl Alarcón soma e segue na serra da Estrela
Estrada
O espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) consolidou hoje o estatuto de principal favorito à conquista da Volta a Portugal Santader, vencendo a quarta etapa, com final nas Penhas da Saúde, e reforçando o comando na classificação geral.

A ligação de 144,3 quilómetros, entre a Guarda e as Penhas da Saúde, teve um final espectacular, durante a subida de 16 quilómetros, entre a Covilhã e a meta. O Sporting-Tavira foi a equipa mais ofensiva. O “leões” Alejandro Marque e Frederico Figueiredo atacaram cedo e contribuíram para desmembrar a equipa da W52-FC Porto.

Respondendo da melhor forma à preparação feita pelos companheiros de equipa, Joni Brandão atacou a 8 quilómetros da meta e isolou-se. Raúl Alarcón ficou apenas com António Carvalho para o ajudar a conter os danos da movimentação do rival. Quando Carvalho deu sinais de fraqueza, Raúl Alarcón fez mais uma demonstração de força.

O camisola amarela disparou à procura de Joni Brandão, alcançou o corredor do Sporting-Tavira ainda com cerca de 4 quilómetros para percorrer. Fez 1500 metros na roda e, a 2,5 quilómetros da meta, contra-atacou para mais uma vitória em solitário.

Raúl Alarcón cruzou a meta com 12 segundos de vantagem sobre Joni Brandão, que resistiu como pôde à investida do espanhol. A 1m13s chegou João Benta (Rádio Popular-Boavista), acompanhado por Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano-Uli), Edgar Pinto e Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack).

Com menos de meia Volta disputada, a geral começa a ficar bem definida, perspetivando-se um duelo entre Raúl Alarcón e Joni Brandão. O primeiro tem 52 segundos de vantagem sobre o segundo. O terceiro é Vicente García de Mateos, a 1m41s. Ainda com possibilidade de almejar o pódio estão Edgar Pinto, a 1m58s, João Benta, a 2m19s, Xuban Errazkin e Frederico Figueiredo, a 2m20s. Daí para trás as diferenças já são menos consentâneas com a esperança de acabar nos três primeiros lugares.

Raúl Alarcón é também o primeiro na classificação da montanha. Vicente García de Mateos segurou a camisola dos pontos e Xuban Errazkin assumiu a primazia entre os mais jovens. O Sporting-Tavira saltou para o topo da geral coletiva.

Amanhã corre-se a quinta etapa, 191,7 quilómetros entre o Sabugal e Viseu, que apresenta um percurso que permite aos sprinters aspirarem a ser os principais protagonistas da jornada, desde que as respetivas equipas tenham capacidade para controlar a corrida, já que é uma tirada também marcada por aqueles que sonham ganhar a partir de uma fuga.

Classificação Completa: Clique Aqui
2018-08-05 - 17:17:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Ciclismo Vai Escola
Assembleia Geral
Documentos Novembro 2018
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais