IPDJ Comité Olímpico UCI Comité Paralímpico Confederação do Desporto Centro de Alto Rendimento UEC Facebook Youtube Fundação do Desporto Jogos Santa Casa Liberty Seguros
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Seguros
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Vitória heróica de Dmitrii Strakhov
Estrada
O russo Dmitrii Strakhov (Lokosphinx) venceu hoje a Clássica da Arrábida – Cyclin’Portugal, após pedalar mais de 50 quilómetros em solitário. Óscar Hernández (Aviluado-Louletano-Uli) foi o terceiro e assumiu o comando do Troféu Liberty Seguros.

Os 145,4 quilómetros, entre Sesimbra e Setúbal, foram tão épicos como se esperava. A chuva e o vento endureceram uma clássica já de si difícil, com três setores de terra batida e quatro subidas pontuáveis para o prémio da montanha.

O pelotão não se atemorizou com as condições adversas e pedalou a alta velocidade. Na primeira hora percorreram-se 49 quilómetros e os principais responsáveis pela alta velocidade foram os 19 homens que atacaram quando estavam percorridos cerca de 20 quilómetros.

O grupo de escapados foi ganhando vantagem sobre o pelotão e passou unido pelos três setores de macadame. No entanto, a 51 quilómetros da meta, na subida de segunda categoria para Palmela, a primeira das quatro escaladas pontuáveis, Dmitrii Strakhov arrancou para uma aventura em solitário.

O russo, décimo primeiro classificado na Volta a França do Futuro de 2017, foi galgando terreno e conquistando vantagem sobre os perseguidores e sobre o pelotão. Passou na frente em todas as contagens de montanha e desceu a serra da Arrábida como uma flecha para cruzar o risco isolado, em Setúbal, ao fim de 3h29m49s de corrida.

Dmitrii Strakhov conquistou, de forma heróica, a primeira vitória profissional da carreira. A 34 segundos chegaram James Fouche (Team Wiggins) e Óscar Hernández (Aviludo-Louletano-Uli), segundo e terceiro, respetivamente. Nos 15 primeiros apenas se colocaram ciclistas da fuga inicial de 19 elementos.

O russo ganhou a clássica e a classificação dos trepadores, enquanto a Lokosphinx foi a melhor equipa. O neozelandês James Fouche impôs-se entre os sub-23.

A Clássica da Arrábida foi a segunda de três provas pontuáveis para o Troféu Liberty Seguros. O espanhol Óscar Hernández, com o terceiro posto em Setúbal, assumiu o comando do Troféu, somando agora 90 pontos, mais 15 do que Strakhov e Tiago Machado.

Entre os sub-23 é André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass) quem assume a dianteira, com 100 pontos. Seguem-se James Fouche e Rui Oliveira, com 75.

Clássica da Arrábida
1.º Dmitrii Strakhov (Lokosphinx), 3h29m49s
2.º James Fouche (Team Wiggins), a 34s
3.º Óscar Hernández (Aviludo-Louletano-Uli), mt
4.º Mark Downey (Team Wiggins), a 36s
5.º Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista), a 37s
6.º Gonzalo Serrano (Caja Rural-Seguros RGA), a 42s
7.º Jon Aberasturi (Euskadi Basque Country-Murias), a 50s
8.º Oscar Pelegri (Caja Rural-Seguros RGA), mt
9.º Justin Oien (Caja Rural-Seguros RGA), mt
10.º Mamyr Stash (Lokosphinx), mt

Classificação Completa: Clique Aqui

Ranking: Clique Aqui

Álbum Fotográfico: Clique Aqui

2018-03-11 - 23:27:50
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Ciclismo Vai Escola
Assembleia Geral
Documentos Novembro 2018
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais