UCI UEC Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto IPDJ Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento Plano Nacional de Ética no Desporto
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Ciclismo para Todos
Inscrições 2017
Filiações Competição
Filiação Competição 2017
Filiações Comissário
Renovação
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados 2017
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Seguros
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Loja Online
Loja Online
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
A primeira semana da Volta em números
Estrada
A Volta a Portugal chega, nesta sexta-feira, ao dia de descanso. A W52-FC Porto tem dominado, mas há alguns números que ajudam a compreender melhor como tem decorrido a competição até ao momento.

1
corredor de equipas estrangeiras no top 15 da geral. É o basco Mikel Bizkarra (Euskadi Basque Country-Murias), 13.º classificado, a 3m37s da camisola amarela.

2
triunfos em etapas conseguidos, até ao momento, por Raúl Alarcón (W52-FC Porto), homem mais forte da primeira metade da corrida e, por isso, dono da camisola amarela.

3
equipas das 18 participantes não conseguiram ainda, sequer, colocar um corredor nos dez melhores de uma etapa: Bike Aid, Unieuro Trevigiani-Hemus 1896 e Dauner D&DQ-Akkon

4
vitórias de etapa da W52-FC Porto em sete possíveis. A Armée de Terre triunfou duas vezes e a RP-Boavista ergueu os braços numa ocasião.

4
ciclistas da W52-FC Porto nos sete primeiros da geral: Raúl Alarcón (1.º), Amaro Antunes (3.º), Gustavo César Veloso (5.º) e António Carvalho (7.º).

9
prémios de montanha conquistados pela LA Alumínios-Metalusa BlackJack em 19 subidas pontuáveis já ultrapassadas pelos corredores. João Matias é primeiro na classificação dos trepadores.

23
segundos. É o pecúlio amealhado por Raúl Alarcón em bonificações. Entre os outros corredores do top 5, destacam-se os 14 segundos somados por Amaro Antunes, os 12 conseguidos por Vicente García de Mateos, os 10 de Gustavo César Veloso e os 8 de Rinaldo Nocentini.

32,7
anos. É a média de idade dos corredores que integram o top 10 da classificação geral da Volta. A média do top 10 final do Tour foi de 28,6 anos. A média no Giro foi de 28,3.

33,027
km/h. Foi a velocidade média que a W52-FC Porto imprimiu ao longo da subida ao alto de Santa Luzia. Na véspera, Raúl Alarcón escalou o Monte Farinha, até ao alto da Senhora da Graça, à média de 24,1 km/h.

76
pontos garantem a Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) a camisola da regularidade.

122
corredores mantêm-se em prova. Foram para casa mais cedo 18 dos 140 ciclistas que partiram de Lisboa. Só 39 dos participantes estão a menos de meia hora do primeiro classificado.
2017-08-10 - 19:45:49
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
FACEBOOK
Assembleia Geral
Documentos 4 novembro 2017
Jornal
Edição Outubro 2015
Edição Fevereiro 2016
Edição Fevereiro 2017
Inscrições Online
Pista Aberta 2018
Pista Aberta 2018
Pista Aberta 2018
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais